• Marcio Oliveira - Vinoticias

“A INFLUÊNCIA DA LUA NO SABOR DO VINHO”

O mês de outubro nos traz a lembrança o “Dia da Bruxas” e a grande questão se elas realmente existem? Da mesma forma, amantes dos vinhos tem perguntado sobre a escolha dos dias de degustações segundo um calendário que leva em consideração as fases lunares. Portanto, sem falar de danças noturnas sob a luz da lua, de fogueiras em torno das quais as bruxas faziam suas beberagens, ou outras crenças incongruentes, a verdade é que o Calendário Lunar tem sido amplamente usado na viticultura por décadas.

Os viticultores não são os únicos a confiar nele, mas que influência a Lua exerce sobre o vinho?


● As origens: Rudolf Steiner em 1924, Filósofo e “Papa” do conceito do bio-dinamismo na Europa e em todo o mundo dizia que observar a Lua, os dias “flores”, “frutos”, “raízes” etc. é como observar prados. Vinhas biodinâmicas, orientadas pelos conceitos de Steiner, esperam uma lua nascente e um dia de frutos para o plantio da videira. Para a poda da videira, prefere-se esperar uma lua minguante e um dia de fruta.


O mesmo vale para o engarrafamento do vinho. Cada etapa do processo de vinificação, da videira à adega, pode ser auxiliada e incentivada pelo Calendário Lunar, e cada vez mais viticultores, especialmente franceses, estão adotando essa filosofia. Preocupados com a viticultura orgânica, numa luta racional, favorecem a vida do solo com preparações à base de plantas: urtigas, cavalinhas, etc.


Estas preparações ou chás de ervas que desempenham um papel de tratamento "natural" cuidam da videira, reiniciam o seu ciclo vegetativo e previnem doenças. Enterrados em chifres de vacas por vários meses no subsolo, esses tratamentos são realizados de acordo com o calendário lunar, espalhado manualmente nas parcelas.


Por exemplo, a lua crescente aumentará a vitalidade da planta, enquanto a lua minguante realçará os aromas e o sabor das uvas.


● Efeitos na degustação dos vinhos: Os dias "frutas e flores" são os momentos ideais para a degustação, filtração, engarrafamento e também para degustação! Os enólogos e provadores profissionais serão os primeiros a dizer, "os vinhos não têm o mesmo sabor todos os dias". Alguns vinhos são degustados melhor durante a lua minguante, por exemplo, porque ajuda a preservar os aromas.


O tipo de dia influencia essencialmente a intensidade aromática e a estrutura dos vinhos. Aromaticamente os vinhos sairão mais complexos nos dias de fruta, mas para os vinhos tintos é preferível beber o vinho nos dias de fruta para ter o nariz aberto e uma boca densa e equilibrada. No dia da flor, o vinho também será agradável, principalmente no nariz.


Os dias de frutas são quando "a lua passa na frente das constelações de Aquário, Gêmeos e Libra". De acordo com o calendário lunar biodinâmico, existem apenas 6 a 8 dias de frutas por mês.


Pelo contrário, é melhor evitar a degustação de um vinho natural ou orgânico durante o período "raiz ou folha", porque a expressão do fruto será menos importante. Acima de tudo, evite vinificar ou provar o vinho. Esse período corresponde ao ponto em que a lua está mais próxima da Terra, a 365.500 km de distância.


Quando está no perigeu, a Lua exerce uma atração muito mais forte, as plantas enfraquecem. Não é um bom momento para degustar e trabalhar na vinha. É cada vez maior o número de vinícolas que consideram a influência da lua em diversas atividades no vinhedo: a colheita, a decantação do mosto e o engarrafamento não são decididos unicamente pelo enólogo, mas sim pelos astros. Vale ainda destacar que a biodinâmica, reflete melhor o que é trabalhar ao compasso da lua, já que ela dita o momento dos trabalhos no campo e na vinícola, para potencializar suas qualidades.


● Efeitos do Calendário nas Vinícolas: Durante parte do tempo, a lua pode ser minguante e e parte crescente. Este ciclo marca os trabalhos no campo, de maneira que, quando a lua está crescente, sua influência acelera os fluidos nos seres vivos e seu entorno: a maré sobe, ervas florescem e o vinho fica mais instável – por isso, nesses dias, ele deve ser decantado, clarificado, nem mesmo engarrafado.


A fase minguante, no entanto, é bom momento para fermentação, pois potencializa aromas e sabores.


Contudo, a influência da lua também pode ser afetada por outros astros. Como quando a lua passa pelas constelações, que formam os signos do zodíaco e se agrupam em quatro elementos: água, ar, fogo e terra. Quando passa por sagitário, por exemplo, cuja energia é a do fogo, os trabalhos do campo serão influenciados por esse caráter – que no caso do vinho se relaciona com a fruta. Se o desejo é potencializar a fruta no vinho, o ideal é realizar trabalhos como poda, decantação ou engarrafamento neste período.


● O compasso lunar e a degustação: E se existe um compasso entre a lua e a produção, o mesmo acontece com a degustação. Os quatro elementos das constelações influenciam, com suas energias, diferentes grupos de aromas e sabores: fogo destaca a fruta; terra ressalta as raízes; água é a folha; e o ar realça a flor. Segundo esse calendário, as melhores datas para degustar um vinho seriam os “dias de fruta”, regidos por signos de fogo, pois neles os vinhos estariam mais aromáticos e saborosos. Já os piores dias para provar um vinho seriam durante a fase de “raiz”, regida por signos da terra.


♦ DIA DE RAIZ - Quando a lua está em um dos signos da terra, como Capricórnio, Touro e Virgem. Nesses dias, a bebida tende a estar mais fechada e não são boas datas para degustar.


♦ DIA DE FLOR - Quando a lua está em qualquer um dos signos de ar como Gêmeos, Libra e Aquário. Nesses dias recomenda-se provar vinhos aromáticos, como Torrontés ou Moscatel, por exemplo.


♦ DIA DE FOLHA - Quando a lua está em signos da água, como Câncer, Escorpião e Peixes. São dias em que a planta está focada na produção de clorofila e geralmente não são recomendados para uma degustação.


♦ DIA DE FRUTA - Quando a lua está em um dos signos de fogo, como Aires, Leão e Sagitário. São considerados os melhores dias para uma degustação de vinhos.


Pode ser que, por trás da lenda ou sabedoria popular, haja alguma ciência quando se diz que engarrafar durante a lua cheia evita que o vinho fique turvo, o que elimina o processo de clarificação ou estabilização. E certamente não há como ser prejudicial – talvez até seja justamente o contrário. No entanto, não há comprovação alguma científica de que isso realmente ocorra.


Mas nada impede de você baixar o aplicativo “When Wine” na internet e verificar se o grande dia da sua degustação será de “FRUTA”. (a versão básica é gratuita).


Sinta, prove e explore o vinho, pois ele é uma bebida surpreendente !!!!...............Saúde !!! (baseado em artigos da Internet)

O que é o VINOTÍCIAS...

O VINOTÍCIAS foi criado por Márcio Oliveira, com o intuito de disponibilizar em um único espaço dicas de vinho, enogastronomia, eventos, roteiros de viagens e promoções. Inicialmente era disponibilizado na forma de uma newsletter para alunos, ex-alunos e amantes do vinho, com o crescimento do mercado e o amadurecimento do projeto a necessidade de um espaço maior para tantas informações se fez necessário e assim surgiu o blog e o site.

  • w-facebook
  • White Instagram Icon

© 2017 Vinotícias. Criado por Action Digital Midia

Belo Horizonte | Minas Gerais