top of page
  • Foto do escritorVinotícias - Marcio Oliveira

CHATEAU GISCOURS GRAND CRU CLASSE MARGAUX 2014 – BORDEAUX – FRANÇA

A história do Château Giscours remonta a um documento mencionando a existência da propriedade de 1330, ou melhor, a nobre casa de "Guyscoutz".


Foi em 1847 que o conde de Pescatore construiu o notável castelo classificado em 1855 como 3ème Grand Cru Classé de Bordeaux. Em 1995, Chateau Giscours foi vendido para Eric Albada Jelgersma, que trouxe Alexander van Beek, CEO do château, e que fez mudanças importantes, principalmente aumentando as plantações de Cabernet Sauvignon. Até 2016, a propriedade contou com a consultoria técnica de Denis Dubourdieu (o grande enólogo com profundo conhecimento do tema das micro-oxigenações em barricas de carvalho), criando vinhos elegantes a partir de seus mais de 100 hectares de vinhas.   



Composição de Uvas: 81% Cabernet Sauvignon e 19% Merlot. Estagiou entre 15 a 18 meses em barricas de carvalho (50% novas).


Notas de Degustação: Cor rubi escuro, leve sinal de evolução nas bordas das taças. Aromas de frutas vermelhas e pretas maduras, como amoras, groselhas e ameixas, notas de especiarias, como pimenta-branca, alcaçuz e canela, além de toques florais e de cedro. O paladar mostra um vinho de corpo médio, muito elegante e com taninos finos e boa acidez. Seu final é marcado por frutas vermelhas maduras, especiarias doces, além de toques florais e de cedro.


Estimativa de Guarda: Beba agora ou guarde até 2029. Há uma informação que a guarda do vinho é de pelo menos 15 anos. Portanto podemos aproveitar dele até 2029, mas os aromas e sabores certamente serão mais evoluídos.


Reconhecimentos da Crítica Especializada: 92 pontos Robert Parker - 95 pontos Wine Enthusiast


Notas de Harmonização: Ótimo ainda para acompanhar carnes vermelhas assadas ou grelhadas com molhos consistentes, ensopados, carnes de caça, cordeiro e queijos duros.


Serviço: servir entre 15 e 17ºC.


Faixa de Preço – ESTELAR


Em BH: Servido numa Comemoração de Final de Ano de uma Confraria.

Comments


bottom of page