• Marcio Oliveira - Vinoticias

“OS VINHOS PARA O DIA DAS MÃES”

Em todo segundo domingo de maio é comemorado no Brasil o Dia das Mães, e já vai longe o tempo que o presente para ela deveria ser um bouquet de flores, uma caixa de bombons de chocolate ou uma cesta de café da manhã! Hoje, muitas mães gostam de vinho e pensando nisso fazemos algumas sugestões e dicas dos vinhos conforme o perfil que sua mãe pode ter.

Acredita-se que a tradição de homenagear as mães veio dos gregos. Eles celebravam no início da primavera a mãe de todos os deuses, a deusa Rhea, com cânticos, homenagens, cultos e presentes.


A criação da data no Brasil é uma decorrência da popularização desta comemoração nos Estados Unidos da América, que criou o “Dia das Mães” em 1914 homenagem à vida de Ann Jarvis, que foi uma ativista social conhecida por realizar trabalho social com outras mães, sobretudo no período da Guerra Civil Americana.

No Brasil, o “Dia das Mães” foi instituído no dia 5 de maio de 1932, por Getúlio Vargas, quando ele era o presidente da República na época, e a data só se consolidou anos depois, durante o regime militar, constituindo numa bela data comemorada pelo comércio com muitas promoções em torno dos presentes.


Outros países no mundo, como Dinamarca, Alemanha, Austrália, Malásia e Uruguai, também celebram o “Dia das Mães” na mesma data que o Brasil e os norte-americanos. Entretanto, nem todos os países seguem a tradição norte-americana e brasileira e, portanto, comemoram o Dia das Mães em outras datas. É o caso da Rússia e a Sérvia, que comemoram, como exemplo, no dia 8 de março e a Argentina, no terceiro domingo de outubro.


Hoje a data virou tema principal de campanhas publicitárias no Brasil, logo no início de maio e ganhou grande apelo na indústria de flores, roupas, presentes em geral, e cartões, além de consolidar a tradição de brindar com um belo vinho o almoço em família.


Comprar vinho para quem não entende muito bem sobre os diferentes tipos de uva pode ser uma escolha complicada e demorada, pois nesse caso o leque de opções é muito variado e você não tem ideia de qual das opções poderá agradar mais. Ao mesmo tempo, comprar vinho para uma pessoa que gosta de vinhos, que entende bem dos rótulos, das safras, das regiões vinícolas e é capaz de distinguir um vinho pelo aroma, torna tudo mais difícil. Nesses casos, você pisará em campo minado e um erro pode render uma torcida de nariz.


Para muito amantes de um bom vinho, a dica para não errar é escolher algum rótulo que tenha boa pontuação na opinião de críticos e/ou degustadores com reputação mundial, como Robert Parker, a revista inglesa Decanter, o guia de vinhos de Gambero Rosso ou o Guia Descorchados, além de publicações especializadas, mas o gosto por um estilo de vinho pode ir muito além de uma simples pontuação.


Portanto, desta vez, nesta data do “Dias das Mães” aposte nos vinhos, pois são ideais para agradar mães de qualquer estilo, desde as refinadas, clássicas, modernas, passando pelas mais exigentes, festivas e sofisticadas.


♦ Vinhos para Presentear uma Mãe Clássica - Se sua mãe é do tipo clássico, está sempre no conforto do lar, ouvindo uma boa música, fazendo programas em família e não dispensa uma boa harmonização do vinho em suas refeições?


Então as melhores opções são os rótulos mais tradicionais, ditos do Velho Mundo, ou seja, de países que produzem vinhos há milhares de anos como Espanha, Itália, França e Portugal.


Rótulos como o Barolo e o Barbaresco, dois grandes ícones italianos, elaborados com a renomada uva Nebbiolo, são um presente certeiro. São vinhos estruturados, que gozam de um ótimo potencial de envelhecimento, além de serem ideais para harmonizar com carnes vermelhas grelhadas e assadas. O importante é que o vinho tenha características que harmonizem com a maioria dos pratos e petiscos que serão servidos no almoço em família.


A oferta de rótulos portugueses e espanhóis é ótima no mercado e você poderá optar por rótulos consagrados do Alentejo e Douro, ou de regiões Lisboa e Tejo, com vinhos mais leves e fresco e que combinam muito bem com massas, risotos, carnes vermelhas.


Mas se o almoço for uma Paella, não se iluda, presenteie sua mãe com um belo Tempranillo de Rioja ou Ribera del Duero.


♦ Vinhos para Presentear uma Mãe Exigente – para mães exigentes, que sabem apreciar as melhores coisas da vida, não há um presente melhor que os vinhos tintos de Bordeaux.


Figurando entre os melhores vinhos do mundo, os rótulos de Bordeaux se destacam-se por sua beleza e sofisticação, além de equilíbrio e austeridade, combinando com carnes assadas e requintadas como cordeiro, javali, carnes vermelhas.


Vinhos que gozam de um excepcional tempo de guarda, ficando ainda melhores com o passar dos anos na garrafa. Os vinhos de Bordeaux são um presente realmente inesquecível, não tem uma mãe que não vai se emocionar ao receber um desses grandes rótulos.


♦ Vinhos para Presentear uma Mãe Sofisticada – Para uma mãe sofisticada, um vinho sofisticado! Ele não é o tinto, não é o branco, e normalmente apresenta aromas de frutas vermelhas frescas. Além de ser visualmente atrativo, o rosé possui uma coloração dos leves tons alaranjados ao rosado púrpura.


Além de apresentarem uma belíssima coloração rosada, esses rótulos revelam, no nariz, um bouquet aromático rico e envolvente. Os rosés da Provence são os mais tradicionais quando se fala de rosé, mas atualmente há uma infinidade de vinhos produzidos mundo afora que irão agradar sua mãe.


Sua mãe vai sentir um sabor leve e suave e que possui final muito agradável. Muito indicado para dias frescos por se tratar de um vinho leve (quase tão leve quanto o vinho branco), além de ser extremamente aromático e fresco, o rosé harmoniza facilmente com saladas que contém algum tipo de proteína, por exemplo uma Cesar Salad que tem pedaços de carne de frango. Ideal para pratos mais suaves e sofisticados, frutas, sobremesas.


♦ Vinhos para Presentear uma Mãe Festiva – Se a sua mãe gosta de comemorações nada melhor do que um espumante brut! Este estilo de vinho não tem erro por ser um dos mais comuns nas prateleiras e se a sua mamãe prefere vinhos menos doces ele é a melhor sugestão.


Se o prato principal do almoço em família tiver molho branco, o espumante Brut cairá perfeitamente. O frescor e a leveza desse vinho combina perfeitamente com a cremosidade e o sabor suave dos molhos brancos em massas, ou preparações com carnes brancas (frango, suína), ou peixes.


Os espumantes são efetivamente muito versáteis e podem combinar com entradas e sobremesas (mas neste caso, opte pelo estilo Asti).


Há excelentes opções entre os espumantes da Cave Geisse, Casa Valduga, Miolo, Salton, Carvalho Branco, além dos importados.


♦ Vinhos para Presentear uma Mãe Moderna - Para as mães que estão sempre buscando as novidades, que está sempre ligada nas novas tecnologias e no que está acontecendo no mundo, uma boa pedida é um rótulo do Novo Mundo, ou seja, daqueles países que se especializaram na produção de vinhos mais recentemente, como Austrália, Nova Zelândia, Estados Unidos, Chile, Argentina, Brasil e África do Sul.


Além de contarem costumeiramente com uma boa relação qualidade-preço, esses rótulos oferecem uma versão mais jovem e frutada, fácil de beber, das clássicas uvas francesas, como Carménère, Tannat e Malbec que irão muito bem acompanhando pratos de carnes vermelhas assadas ou grelhadas.


Além de contar com o prestígio que vinícolas como a Catena Zapata, Cobos, Salentein, Viña Montes, Viña Carmen, Bodega Garzón entre tantas outras, não deixando nada a desejar aos melhores rótulos europeus.


Melhor ainda se a escolha cair em rótulos brasileiros, que hoje estão seguramente entre os melhores do mundo, podendo citar vinícolas premiadas como Miolo, Salton, Casa Valduga, Pizzato, Lídio Carraro, não esquecendo dos vinhos de “colheita de inverno” que estão fazendo sucesso pelas Minas Gerais como Casa Geraldo, Primeira Estrada, Maria Maria, Luiz Porto, Mar de Morros, Stella Valentino, Campo Alegre (de Diamantina), além de São Paulo: Góes, Guaspari.


♦ Vinhos para Presentear uma Mãe Aventureira - Sua mãe é daquelas que não fica quieta? Sempre fazendo ginástica, procurando uma nova aventura para as férias ou para o final de semana, como trilhas de caminhadas, trilhas para bicicletas, cachoeiras, escaladas e esportes radicais?


Se sua mãe adora uma aventura, conhecer lugares novos com a família e para ela o que vale é a experiência? Então, que tal provar as novidades de vinícolas de regiões menos procuradas nas prateleiras como Grécia, Hungria, Líbano, Leste Europeu e tantas outras menos famosas?


Aposte por exemplo na África do Sul, prove um rótulo da uva Pinotage, um cruzamento entre a Pinot Noir e a Hermitage (Cinsault), que virou um verdadeiro clássico do país. A África do Sul ainda tem muitos rótulos a oferecer, como os ótimos tintos de Shiraz (Syrah) e os brancos produzidos com a Sauvignon Blanc.


Se quiser ir muito além e “descobrir” as origens do vinho, ou como ele era feito há 8.000 anos atrás, opte por um “vinho laranja”. Já há grande oferta de rótulos das uvas Saperavi e Raktesiteli, com origem na Geórgia, Romênia e outros países do Leste Europeu.


♦ Vinhos para Presentear uma Mãe Gourmet - Mães que adoram experimentar novas receitas e combinações diferentes na cozinha, vão adorar receber como presente vinhos brancos, como os elaborados com a uva Chardonnay.


Além de serem muito versáteis, harmonizando bem com saladas, aves, peixes e frutos do mar, os vinhos brancos também são um ingrediente fundamentalmente em receitas sofisticadas, como risoto e fondue.


Faço votos para que tenha ajudado você a escolher um estilo de vinho para presentear sua mãe! Aproveite para comentar se gostou ou não!!! (Este artigo está baseado em material disponível na internet, e minhas considerações e pesquisas).