• Vinotícias - Marcio Oliveira

ACHAVAL FERRER CABERNET FRANC 2017 – MENDOZA - ARGENTINA

A Achaval Ferrer foi fundada em 1998 no distrito de Perdriel, região de Luján de Cuyo (província de Mendoza), por seis amigos sonhadores e apaixonados por vinho, comandados por Santiago Achaval. Dois princípios fundamentais regem os objetivos da bodega: a busca pela qualidade em todos os seus vinhos e o respeito pelo terroir.

A direção técnica inicial foi do sócio italiano Roberto Cipresso, um dos mais respeitados e requisitados enólogos do mundo na atualidade. Especialista em vinhos de pequena produção e alta qualidade, Cipresso, com sua visão aguda e intuitiva, levou a bodega a interpretar de maneira brilhante os terroirs de seus vinhedos. Hoje, o diretor de enologia é o talentoso Gustavo Rearte, nascido em Mendoza, que após ter se formado em enologia na Argentina trabalhou na Nova Zelândia e na Califórnia, e agora é parte indispensável da equipe e segue a mesma filosofia implementada por Roberto Cipresso. A vinícola Achaval-Ferrer é considerada por grande parte dos críticos como sendo a melhor vinícola da Argentina, apesar de ser muito jovem. Seu Finca Bella Vista 2010 foi o primeiro vinho Argentino a figurar entre os Top 10 da revista Wine Spectator.


A linha Mendoza busca retratar da maneira muito precisa toda a tipicidade da casta escolhida quando cultivada nos vinhedos da Achaval Ferrer. Nesse caso, 80% das uvas são da zona de Cordón del Plata, vizinha de Gualtallary. As videiras são cultivadas em solos rochosos, e o resultado dessa experiência foi um vinho com tremenda expressividade marcada pelas notas de ervas, típicas da Cabernet Franc, e nuances de especiarias.


Atualmente o produtor Achaval-Ferrer trabalha com 3 conceitos de vinhos. O primeiro conceito é a linha Mendoza, representada pelas varietais Malbec, Cabernet Sauvignon e Cabernet Franc. Esta linha se concentra na tentativa de Achaval-Ferrer de expressar, acima de tudo, a autenticidade e características de cada uma das variedades. O segundo conceito fica por conta do Quimera, em que se usa uma prática única no Achaval-Ferrer, denominada mistura quente. A equipe de enologia decide, ano após ano, qual será o blend deste vinho, sempre em uma busca sem fim para encontrar o vinho ideal.


O terceiro conceito, representado pelos Fincas Altamira, Bella Vista e Mirador, que expressam o mais puro conceito de Terroir, único para cada um deles. Os Fincas possuem majoritariamente vinhas centenárias, característica fundamental para a alta qualidade e complexidade dos vinhos. Outro ponto único dos Fincas são os baixíssimos rendimentos de seus vinhedos, entre os menores de toda a Argentina.


● Corte de uvas: 100% Cabernet Franc, com passagem por 9 meses em barricas de carvalho francês.


● Notas de Degustação: Um Cabernet Franc bem típico, com cor rubi ainda escuro, apesar dos 5 anos de guarda. No nariz mostra uma variedade de aromas, como os de fruta vermelha fresca (framboesa, amoras e morangos), algo floral como a lavanda, e na evolução as notas de ervas verdes que são típicas da casta. Na boca mostra toda a sua potência e complexidade, repetindo o perfil aromático, com notas de especiarias (como a pimenta do reino) e depois as notas de chocolate resultantes do estágio em barricas encobrem um pouco os sabores das frutas. Corpo médio para encorpado, com taninos macios, seu final de boca é muito gostoso, vivo e persistente. Recomendo ter uma segunda garrafa por perto. Álcool: 14,5%.


● Estimativa de Guarda: creio que está num ótimo ponto para ser bebido, mas pode aguentar mais 1 a 2 anos. Mas não guardaria por muito tempo, porque neste momento o equilíbrio entre frutas, ervas, chocolate está muito gostoso. A recomendação da Bodega é para 5 anos de guarda.


Reconhecimentos de Críticos: 93 Pontos - Guia Descorchados e 91 Pontos - James Suckling – Na minha opinião, um dos melhores custo x benefício no mercado.


Notas de Harmonização: É um vinho que harmoniza muito bem com carnes vermelhas grelhadas, carnes de aves, galetos, massas com molhos mais leves com base em carne, molho de tomate, pode acompanhar pizzas e tortas salgadas. Neste jantar em casa de um amigo acompanhou muito bem um Bife de Wellington.


Serviço: sirva a 16ºC (Beba numa taça grande de Bordeaux e se quiser decante por cerca de 30 a 60 minutos).


Faixa de Preço – $$$ (está em promoção)


Bebido numa Confraternização.