top of page
  • Foto do escritorVinotícias - Marcio Oliveira

AVENTURA TINTO 2018 – ALENTEJO – PORTUGAL

Susana Esteban é uma produtora de vinhos que nasceu na Galícia, região localizada no Noroeste da Espanha. É licenciada em Ciências Químicas pela Universidade de Santiago de Compostela e Mestre em Viticultura e Enologia pela Universidade de La Rioja, e participou de vindimas na Austrália e na França.

Começou a sua trajetória como enóloga no Douro em 1999, na Quinta do Côtto, tendo trabalhado posteriormente como enóloga na Quinta do Crasto entre os anos 2002 e 2007. Foi o Alentejo e seus vinhos que conquistaram o coração de Susana, que atua na região desde 2007 prestando consultoria a vinícolas de grande prestígio, Solar dos Lobos, Monte dos Cabaços, Monte da Raposinha e a Tiago Cabaço Winery. Em 2009, Esteban deu início ao seu projeto pessoal com o objetivo de produzir vinhos com um caráter único. Para isso, Susana percorreu toda a região por dois anos, a fim de encontrar suas melhores vinhas. Decidiu por se estabelecer em Portalegre, uma sub-região singular e com um terroir de altitudes mais elevadas e temperaturas mais frias que as encontradas no restante do Alentejo.


Todas as vinhas de Susana têm mais de 40 anos, sendo que algumas delas são centenárias, compostas por field blends com dezenas de castas tradicionais do Alentejo. De sua adega pequena, mas muito bem equipada, saem vinhos de enorme qualidade e produções muito restritas. Como prova do sucesso conquistado, Susana foi a primeira mulher eleita Enóloga do Ano em 2012, pela conceituada Revista de Vinhos. Um de seus rótulos, o Foudre Branco 2018, é o único vinho branco de Portugal a ter sido avaliado com a nota máxima de 20 pontos por esta mesma publicação. Além destas distinções, Susana também recebeu o prêmio de Revelação do Ano de 2015, da revista Wine – A Essência do Vinho, pela enorme qualidade de sua vinícola. Mais recentemente, Esteban foi agraciada com o título de “Produtora do Ano de 2022”, aumentando seu rico histórico de premiações. Susana possui também um projeto muito especial em parceria com sua amiga e enóloga Sandra Tavares, onde, juntas, deram origem a dois vinhos tintos espetaculares, o Crochet, no Douro, e o Tricot, no Alentejo.


Composição de Uvas: Corte de de 40% Aragonês (Tempranillo), 40% Touriga Nacional e 20% Castas tradicionais de Portalegre.


Notas de Degustação: Cor rubi. Nariz fresco, frutado e elegante, com um belo toque floral. Macio e aveludado no paladar, frutado e equilibrado com muito frescor e elegância. Tem bom potencial de envelhecimento.


Estimativa de Guarda: Beba agora ou guarde até 2028.


Reconhecimentos e Premiações: 2016 - 91 pontos Revista Adega I 2015 - 90 pontos Robert Parker I 2014 - 91 pontos Wine Spectator e 2013 - 91 pontos Revista Adega.


Notas de Harmonização: um vinho para acompanhar carnes vermelhas, carnes suína e de galinha, massas com molhos vermelhos, risoto de cogumelos, massas com molho leve. Acompanhou muito bem um Bacalhau com Molho Cremoso de Espinafre servido no Jantar Harmonizado que realizei junto com Rusty Marcellini, com tema em VINHOS E GASTRONOMIA DO ALENTEJO.


Serviço: servir entre 16 e 18ºC


Faixa de Preço$$$


Em BH – Alisson/ Amigo do Vinho – Cel.: (31) 98877-9538.

Kommentare


bottom of page