• Marcio Oliveira - Vinoticias

“AFINIDADES ENTRE VINHOS E CONSUMIDORES”

Uma das perguntas mais costumeiras em Cursos de Vinhos, ou Degustações, é se as pessoas têm um tipo de vinho preferido em função do seu sexo, ou do seu jeito de ser. O vinho é uma das bebidas mais admiradas no mundo todo por conta de seu sabor e suas características, que podem, inclusive trazer benefícios à saúde dos seus apreciadores. Todo consumidor de vinho certamente possui uma uva ou um rótulo favorito, mas um fato ao qual ninguém dá tanta atenção é que o vinho está muito relacionado à personalidade da pessoa que vai consumi-lo.

Por conta disto, dois estudos foram realizados neste sentido. Um estudo realizado pela revista French Wine With Style revelou uma série de características interessantes sobre os consumidores de vinhos.


Assim com base nessa pesquisa, as características dos consumidores de vinhos tintos secos são pessoas que tendem a ser menos impulsivos e mais descontraídos. Essa justificativa está relacionada ao consumo de açúcar. Normalmente, o consumo de açúcar aumenta a característica impulsiva nos seres humanos, o que não é o caso dos consumidores de vinho tinto. Além disso, a pesquisa revelou que, aqueles que preferem esse tipo de bebida são mais descontraídos em relação aos outros. Em termos de perfil, pessoas que preferem os vinhos tintos secos são fortes e confiantes.


Já as pessoas que têm preferência para os vinhos brancos são mais ligadas em trabalho e status nos seus empregos. São pessoas, geralmente mais tímidas, mas tendem a ser mais práticas e encontram solução para tudo, e desta forma acabam se envolvendo com o trabalho como os famosos Workaholics, que estão sempre buscando crescer na carreira. Via de regra, por conta da recompensa ao seu esforço, acabam ocupando lugar de destaque em suas empresas, sendo gerentes, diretores ou CEO.


A pesquisa também revelou que os consumidores de vinho rosé são opostos dos consumidores de vinhos tintos e brancos, sendo considerados extremamente extrovertidos e capazes de se relacionar facilmente com todos ao seu redor. São pessoas que normalmente se classificam como charmoso, caloroso e consequentemente mais animado, e por esse motivo, em sua grande maioria, são pessoas mais jovens. As pessoas que gostam de vinho rosé são naturalmente mais adaptadas às mudanças, uma vez que sentem prazer em fugir da rotina ou do óbvio, como pode ser visto pelo próprio gosto pelos vinhos.


No entanto, uma pesquisa realizada nos Estados Unidos a pedido de uma empresa que atua no mercado de vinhos norte-americano analisou as diferenças nos traços de personalidade entre os que bebem vinho tinto daqueles que preferem vinho branco.


Divulgado pelo jornal New York Post, o estudo ouviu 2 mil americanos e revelou que apreciadores do branco têm tendência a hábitos noturnos e a serem mais extrovertidos, curiosos e perfeccionistas, o que talvez confirme a tendencia a serem pessoas práticas e que acabam encontrando solução para tudo (como na pesquisa francesa). Já quem prefere o tinto é mais propenso a ser aventureiro, humilde e organizado e tende a acordar mais cedo, ouvir jazz e se considerarem aficionados por vinho.


O levantamento também pontuou o conhecimento de cada grupo quando se tratava de apreciar a bebida. Os bebedores de tinto tiveram conhecimento necessário para sustentar sua condição de apaixonados por vinho. Entre os integrantes deste grupo, 73% sabem segurar corretamente uma taça com o vinho, contra 65% dos apreciadores de vinho branco. Os amantes do vinho tinto também se mostraram mais dispostos a gastar mais, com um gasto médio de US$ 40 por garrafa.


Na média, o americano consume quatro taças de vinho por semana, e o local preferido para isso é a própria casa, segundo 72% das pessoas ouvidas. A pesquisa constatou também que 49% dos entrevistados gostam de beber vinho em eventos ou encontros. Nos Estados Unidos, entre os entrevistados desta pesquisa, verificou-se que eles tentam combater o desperdício, e consumem a média de três garrafas.


Por outro, pergunta-se muito que estilo de pessoa consume que tipo de vinho. E neste caso, algumas observações sugerem que:


♦ Clássicos e sofisticados - Sempre que falamos de sofisticação estamos falando dos vinhos que são reconhecidos pela sua qualidade há muitas gerações. Boas escolhas são os franceses de Borgonha ou Bordeaux, considerados o berço da qualidade do vinho. Os italianos da região da Toscana também expressam isso e funcionam muito bem, e estão na preferência de pessoas consideradas clássicas e sofisticadas.


♦ Extrovertidos – pessoas que geralmente gostam de conversar e se divertir, valorizam vinhos com jovialidade tanto no sabor, quanto no rótulo. Vinhos mais descontraídos para beber sem compromissos, em torno de uma mesa num bate-papo. Vinhos para beber de forma descontraída, acompanhado dose amigos e família. Nessa categoria temos tanto os tintos de Malbec, Pinotage, Syrah, como brancos de Sauvignon Balnc, e os rosés. Em resumo, a pessoa extrovertida tende a não se complicar e consume todos os tipos de vinho, especialmente aqueles que são bebidos sem maiores compromissos.


♦ Moderno e descolado - a moda agora são os vinhos laranjas – que resgatam um método de produção ancestral, mas que são uma nova tendência – e os orgânicos, além do rosé, que ficou esquecido por muito tempo, mas agora voltou com força. Também podemos pensar em um novo método de vinificação e maturação do vinho que está se tornando bastante popular, especialmente entre os vinhos brancos, feitos em ovos de concreto.


♦ Fitness – pessoas que são ligados em esportes, praia, piscina e buscam uma alimentação mais saudável, a opção pelos vinhos brancos costuma ser a preferência, por serem ótimas escolhas para quem gosta do calor, de uma alimentação mais leve, baseada em saladas, dos frutos do mar e peixes, já que combinam muito bem com estes pratos.


♦ Introvertido - pessoas que gostam de ficar num canto da sala, fumando um charuto, lendo um livro ou ouvindo uma música clássica ou jazz, ou seja, que gosta de aproveitar seus momentos de relaxamento sozinho, a melhor sugestão são os vinhos fortificados, como o Vinho do Porto ou Jerez. São vinhos perfeitos para desfrutar sozinho, tomando uma tacinha após a refeição ou simplesmente para relaxar ao final do dia, lembrando como a vida é bela!


♦ Festeiro e acolhedor – pessoas que gostam de celebrar e reunir toda a família e amigos, preferem mesmo é o espumante! Espumantes são a bebida associada às festas e ocasiões especiais, escolha de quem é festeiro e gosta de receber bem e celebrar a vida, porque ela é uma só!


Entretanto, é preciso compreender que toda regra possui exceções e que mesmo as pesquisas são um instrumento de prospecção e podem levar a conclusões apressadas. É importante ter em mente que não existe um vinho que seja melhor do que o outro, ou um que seja realmente adequado aquela pessoa por ser extrovertida, ou festeira.


Caso você não tenha se encontrado nos perfis acima, não se preocupe, o importante é que você esteja satisfeito com o sabor do seu vinho preferido quando está relaxando, se divertindo com os amigos ou família, ou simplesmente apreciando a harmonização com uma comida.


O melhor vinho sempre será aquele que você gosta!!! Saúde!!! Aproveite para comentar se gostou ou não!!! (baseado em artigos disponíveis na internet e minhas considerações).

5 visualizações