• Vinotícias - Marcio Oliveira

CARNIVOR BOURBON BARREL AGED 2018 – CALIFÓRNIA – ESTADOS UNIDOS

A tendência de usar barricas de Bourbon para envelhecer o vinho tem mais a ver sobre acrescentar sabor e a riqueza de aromas em vinhos como Cabernet Sauvignon, Zinfandel, Blends tintos e Chardonnay.

Os enólogos dizem que quando usam barris de bourbon para terminar uma parte do vinho, introduzem um conjunto diferente e mais intenso de aromas e sabores que seriam menos pronunciados nos vinhos tradicionais com passagem por carvalho.


As barricas de bourbon são um pouco mais altas e mais estreitas que as barricas padrão de carvalho, aumentando a proporção de vinho/madeira, e a suposta diferença de sabor e riqueza vem do fato de que os barris de bourbon são legalmente obrigados a serem feitos de carvalho americano novo e fortemente tostado.


As barricas de bourbon usadas pelos enólogos são, portanto, provavelmente de uso único, sendo mais agressivamente carbonizados do que os barris tradicionais de envelhecimento de vinhos.


● Corte de uvas: 100% Cabernet Sauvignon com passagem por 2 meses em barricas de Bourbon.


● Notas de Degustação: Apresenta cor rubi escuro, profundo, com lágrimas intensas na taça. Nariz complexo, com intensas notas de frutas negras maduras, baunilha, tostados e ainda algo de chocolate. Em boca é encorpado e fresco, com taninos presentes, mas que não incomodam, num belo reflexo das notas de aromas, com fim de boca, intenso, longo e caramelado (reflexo da passagem por barrica de Bourbon).


● Estimativa de Guarda: pronto para ser bebido, aceita guarda por mais 2 a 3 anos.


Notas de Harmonização: por conta da estrutura do vinho, vai bem com bife de chorizo na grelha, hambúrguer com bacon, batata recheada com mix de cogumelos e queijo.


Serviço: servir entre 16 e 17ºC (Beba numa taça grande de Bordeaux).


Faixa de Preço – $$$


Em BH – WINE – Rua Alvarenga Peixoto, 655 – Lourdes – Tel.: (31) 2527 9100