top of page
  • Foto do escritorVinotícias - Marcio Oliveira

JEREZ PALO CORTADO MONTEAGUDO COLLECTION DELGADO ZULETA – JEREZ - ESPANHA

Na semana do Jerez seria impossível não fazer uma bela degustação dos vinhos de Jerez, e este Palo Cortado foi uma das estrelas da noite.

Fundada em 1744, a vinícola se manteve com o nome dos sucessores de Don Francisco Gil Ledesma y Sotomayor até que, no fim do século XIX, Dolores Ñudi, uma de suas descendentes diretas, se casou com José María Delgado y Zuleta, que abandonou a carreira militar para se dedicar aos negócios da família, dando um grande impulso à companhia. O nome Delgado Zuleta foi adotado apenas em 1974, quando a empresa passou por uma expansão tanto na Espanha quanto no mercado internacional. Quatro anos mais tarde, a Delgado Zuleta fez uma fusão com a Rodríguez La-Cave, outra casa tradicional de Sanlúcar de Barrameda, mas manteve seu nome original.


A Delgado Zuleta é a vinícola mais antiga na região de Jerez e a segunda mais antiga da Espanha. Atualmente, é comandada pela nona geração da família. Um dos ícones da Delgado Zuleta é o Manzanilla La Goya, elaborado desde sua fundação. A vinícola possui uma linha de vinhos clássicos, de produção limitada, que inclui o Fino, o Amontillado e o doce Pedro Xímenez, entre outros. Possui 22 hectares de vinhedos no pago de Miraflores, um dos mais renomados da região. Os vinhedos da Delgado Zuleta se beneficiam da umidade e dos ventos do Atlântico, além do microclima único da região. Os solos de `albariza` (calcário branco), capazes de reter a umidade da chuva para o longo e quente verão, representam outro fator único para a produção do Jerez.


● Composição de Uvas: Elaborado 100% com uvas Palomino Fino. O vinho passa primeiro pelo processo de envelhecimento biológico (por menos tempo que o Amontillado), passando em seguida para a etapa oxidativa. O envelhecimento é feito em tonéis de carvalho francês e americano durante 12 a 14 anos, em sistemas de "soleras" e "criaderas", em tonéis de carvalho americano.


● Notas de Degustação: cor âmbar brilhante, cristalina. No nariz apresenta notas intensas de castanhas, destacando-se especialmente amêndoas e avelãs, além de toques de café e de madeira tostada. Na boca é muito seco, encorpado e complexo, com grande amplitude de sabor e final persistente. É um pouco mais suave que o Amontillado, mas não tão suave quanto um Oloroso.


● Estimativa de Guarda: Beba agora ou guarde.


● Reconhecimentos e Premiações: 90 pontos Guía Peñin 2019 Medalha de Ouro no International Wine Awards 2019.


● Notas de Harmonização: Ótimo ainda para acompanhar cozidos e ensopados. Vai bem com queijos como o Camembert ou Brie levado ao forno com uma camada de geleia de damasco com amêndoas e avelãs por cima. Também é um ótimo vinho para meditação, com ou sem charuto, e conversas animadas entre amigos.


● Serviço: servir entre 11 e 14ºC.


● Faixa de Preço – $$$


● Em BH: PREMIUM - Rua Estevão Pinto, 351 - Serra - 30220-060 - Belo Horizonte - MG - 31 3282-1588 I  Em SP: PREMIUM - Rua Apinajés, 1718 - Sumaré - 01258-000 - São Paulo - SP - 11 2574-8303.

コメント


bottom of page