top of page
  • Foto do escritorVinotícias - Marcio Oliveira

SOALHEIRO OPPACO 2014 VINHO VERDE TINTO – MINHO IGP / VINHOS VERDES – PORTUGAL

O Soalheiro Oppaco marcou um novo capítulo na história da Quinta de Soalheiro. É o primeiro vinho tinto da vinícola.

A casta Alvarinho permaneceu na região de Melgaço durante anos, e tradicionalmente as videiras eram plantadas nas margens dos campos, com os cereais a ocuparem o centro das parcelas.


Em 1974, João António Cerdeira e os seus pais, António Esteves Ferreira e Maria Cerdeira, decidiram quebrar esta tradição e plantaram a primeira parcela contínua de vinha da casta Alvarinho em Melgaço, que foi batizada com o nome "Soalheiro", devido à sua exposição solar. O espírito pioneiro de João António marcou a história da família, que desde então está ligada à produção da casta Alvarinho em Melgaço. Hoje, é a terceira geração que dá continuidade ao legado, estendendo a visão à produção biológica.


O objetivo da vinícola foi abordar os vinhos tintos da região de forma inovadora. Começou em 2013 como um blend de duas castas da região: a casta tinta Vinhão (“Sousão” na Região do Douro) e a casta branca Alvarinho. Atualmente incluíram também a casta tinta Pinot Noir, para alcançar o equilíbrio perfeito.


● Corte de uvas: elaborado com as castas Vinhão e Alvarinho. A fermentação das duas castas é de forma conjunta e 30% do vinho passa por carvalho francês.


● Notas de Degustação: Vinho criado a partir da Vinhão e Alvarinho, revelando cor mais aberta do que o nome faria supor, surpreendentemente elegante, com a casta branca (Alvarinho) a amenizar as arestas da tinta (Vinhão). Surge um vinho envolvente e macio, com notas de frutas vermelhas como as framboesas e especiarias, num conjunto muito refrescante e de personalidade. Se nunca um vinho verde tinto, recomendo!!!


● Estimativa de Guarda: pronto para ser bebido, podendo envelhecer até 2024.


● Reconhecimentos: 16,5/20 Jancis Robinson


● Notas de Harmonização: vai muito bem com salmão ou outros peixes gordos, carnes vermelhas, cabrito, cordeiro, pato e outros pratos de caça. No meu caso acompanhou muito bem um Arroz de Polvo do Dona Maria Bistrô (na Serra). Minha sugestão para Verdes Tintos harmonizados com perfeição, seria a lampreia, uma iguaria minhota. Consumido à temperatura correta revela o seu perfil elegante, concentrado e de acidez viva, sendo perfeito para acompanhar pratos tradicionalmente associados aos vinhos brancos. Se gosta de peixe e quer acompanhar o seu prato com um vinho tinto, esta pode ser uma bela sugestão!


Serviço: servir entre 15 e 16ºC (Beba numa taça grande de Bordeaux).


Faixa de Preço – $$$


Em BH: MISTRAL - Rua Cláudio Manoel, 723 - Savassi - BH. Tel.: (31) 3115-2100

Comments


bottom of page