top of page
  • Foto do escritorMarcio Oliveira - Vinoticias

“VINHOS INSULARES – A MADEIRA E SEUS VINHOS – PARTE 3.2”

Neste artigo concluo as informações sobre os vinhos da ilha da Madeira começando por descrever as uvas utilizadas para a produção de vinhos. 



UVAS DA ILHA DA MADEIRA - São muitas as variedades de uvas utilizadas para a produção de vinhos na Região Demarcada da ilha Madeira. Dentre as mais utilizadas estão:


Sercial: Uva branca geralmente cultivada nas vinhas mais frescas, em alturas de até 1.000 metros no lado norte da ilha. No continente leva o peculiar nome de “Esgana Cão”. Devido à altura em que é cultivada, amadurece com dificuldade e produz um vinho seco e ácido.

Com a fortificação e o envelhecimento em barril, um bom Sercial é, seco, picante e austero. Sirva como aperitivo, talvez com azeitonas, salmão defumado ou amêndoas torradas.


Verdelho: Uma uva branca, também predominantemente plantada no lado norte mais frio da ilha, tende a produzir um vinho que vai de meio seco a médio doce, com um leve tom de caramelo. Sirva com presunto ou patês.


Boal: Uma uva branca, cultivada em locais mais quentes da costa sul da ilha da Madeira, atinge níveis mais altos de açúcar do que as anteriores. Produz vinho com sabor de passas e caramelo, mas ainda ácido. Sirva em temperatura ambiente com queijo duro, frutas secas, bolos ou torta de frutas.


Malvasia: Uma uva branca produzida principalmente em locais mais quentes no sul da ilha, ao redor de Câmara de Lobos, a oeste de Funchal. Produz um vinho ricamente doce, que, apesar disso, não enjoa, graças ao alto nível de acidez encontrado em todos os vinhos da ilha da Madeira. Sirva em temperatura ambiente com um bolo de frutas, sobremesas de chocolate ou café.


Tinta negra: É a uva mais plantada na ilha. Faz bons vinhos, mas que raramente tem as qualidades e o estilo de conservação das quatro anteriores.

 

QUANTO TEMPO DURA O MADEIRA?

- Enquanto a maioria das garrafas de vinho pode durar anos desde que não sejam abertos, devido ao seu processo incomum de aquecimento e envelhecimento, uma garrafa não aberta de vinho da Madeira pode durar centenas de anos.


Mesmo quando você o abre, um Madeira pode durar meses e até anos. Ao contrário de outros vinhos que se transformarão em um vinagre após muita oxidação, o Madeira não tem esse problema. Certifique-se apenas de armazenar o vinho corretamente - em um espaço frio e escuro, longe do calor. Em resumo, a vida útil do vinho Madeira pode literalmente durar uma vida inteira ou mais.

 

DIFERENTES TIPOS DE VINHO DA MADEIRA – O vinho Madeira é feito principalmente com uvas tintas, embora as uvas brancas também sejam comuns. De qualquer forma, a cor da uva não tem muita importância, já que o Madeira ganha uma cor âmbar ou de caramelo através de seu processo de aquecimento e oxidação.


Embora todos os vinhos da Madeira tenham altos níveis de acidez, eles têm diferentes níveis de doçura e tipos de sabor. Aqui estão os principais tipos que você encontrará e exemplos para cada um.


Seco (seco): Este é o estilo mais seco, mais crocante e de sabor mais fresco. Um exemplo é Sercial.


Médio seco (Meio Seco): Esse sabor é um pouco picante, esfumaçado e como caramelo. Um exemplo é Verdelho.


Médio-doce (Meio Doce): levemente doce com sabores de caramelo queimado, café, cacau e passas. Um exemplo desse vinho da Madeira é Bual.


Doce (Doce): O estilo mais doce com notas de chocolate ricas, a Malvasia se encaixa nesta categoria.


As uvas Tinta Negra são usadas para fazer todas as variedades de vinho da Madeira, então verifique o rótulo para saber qual nível de doçura você está recebendo.


Também é essencial mencionar o vinho Madeira vintage ou "Frasqueira". Esse tipo de vinho da Madeira é feito de uma variedade de uva e envelhece no método Canteiro por pelo menos 20 anos. O ano vintage é frequentemente exibido no rótulo. A característica distinta do Madeira Vintage são os sabores complexos que se intensificam ao longo do tempo, contribuindo para uma experiência extraordinária de degustação.

 

COMO DESFRUTAR DO VINHO DA MADEIRA - Embora não haja quaisquer regras sobre a maneira "adequada" de desfrutar do vinho Madeira, existem algumas diretrizes que você pode seguir para ajudar a maximizar sua experiência de beber vinho. Com isso em mente, valorize a temperatura ideal para servir, as combinações de alimentos e até o tipo de taça que você pode querer usar.


Temperatura - A maioria dos vinhos da Madeira pode ser servida com sugestões gerais de temperatura do vinho branco. Sirva o vinho da Madeira seco, ligeiramente gelado em torno de 12-13 graus para manter sua frescura fresca. Para o vinho Madeira Doce, sirva quando estiver entre 8-10 graus.


Combinações de alimentos - Estilos secos de vinho Madeira, como Verdelho, Terrantez e Sercial, fazem um aperitivo fantástico. Sirva vinho da Madeira com azeitonas, saladas regadas com molho picante, sushi ou salmão defumado. Para um excelente emparelhamento de queijo, sirva ao lado de queijo de leite de ovelha cremoso ou queijo de cabra. Ele também combina perfeitamente com sobremesas, como tortas de maçã e outros doces frutados.


Estilos mais doces de Madeira, como Malvasia, são excelentes digestivos e vinhos de sobremesa. Sirva com queijos azuis, frutas secas, sobremesas ricas em chocolate escuro e doces com nozes, mel ou bagas. Se você tem um vinho Madeira de boa idade, beba-a por conta própria como um conhaque fino.


Tipo de Taça - Pode parecer um pouco pretensioso, mas na verdade é bastante científico: o tipo de copo de vinho que você usa faz a diferença ao beber vinho. Os pesquisadores descobriram que a forma de um vidro afeta a forma como o vapor de vinho aumenta, afetando assim o sabor e a fragrância que você experimenta.


Para os vinhos da Madeira mais secos, use as taças para vinho branco padrão. Esses copos oferecem espaço suficiente para você girar o vinho, o que o deixará arejar e liberar sua fragrância antes de tomar seu primeiro gole.


Para os Madeiras mais doces, use um pequeno copo de vinho do porto ou outro copo de vinho de sobremesa. Você também pode usar uma taça estilo snifter, que normalmente é usada para conhaque ou bourbon. De qualquer maneira, esses tipos de copos têm uma boca estreita que limitará a evaporação e intensificará o aroma.


Quando se trata de vinhos incomuns, é difícil vencer o vinho Madeira. Embora seja semelhante a outros vinhos fortificados com maior teor de álcool e vida útil mais longa, o vinho Madeira realmente se mantém por conta própria.


Não apenas um vinho para cozinhar ou sobremesa, o Madeira é um vinho saudável que varia de seco a doce e abrange uma variedade de sabores. Além disso, o uso peculiar de calor e oxigênio do vinho Madeira ajuda a alcançar seu status singular como um vinho que pode durar para sempre (ou perto dele).


O vinho da ilha da Madeira é de longe o vinho mais maduro que já bebi, quando em 2015 tive a oportunidade de provar um vinho da safra 1810!


Então, animou-se a provar um vinho Madeira? Saúde !!! Aproveite para comentar se gostou ou não!!! (Este artigo está baseado em material disponível na internet, e minhas considerações em relação as pesquisas).

Comentários


bottom of page