top of page
  • Foto do escritorMarcio Oliveira - Vinoticias

“COMO BEBER VINHOS NUMA PRIMAVERA COM CARA DE VERÃO?”

Esqueceram de avisar ao calendário anual que agora é hora da chegada da primavera. Estamos vivendo dias de um calor exagerado, onde beber vinhos para se refrescar passou a ser uma necessidade!

A primavera e o verão prematuro que estamos vivenciando são uma época do ano que muitas pessoas esperam ansiosamente por meses a fio e por boas razões. É a temporada perfeita para se reunir com amigos e desfrutar de algumas refeições ao ar livre, e o vinho quase invariavelmente faz parte desta atividade. Para aqueles que estão acostumados a beber tintos encorpados ou pesados, no entanto, escolher vinhos que combinam bem com o calor do verão podem ser mais fáceis de dizer do que fazer.


Felizmente, existem vários vinhos tintos, brancos e espumantes que são leves o suficiente para beber durante todo a temporada. Aqui estão 10 vinhos que são perfeitos para beber no calor da primavera ou do verão, por mais quente que esteja.


♦ RIESLING - É um dos vinhos brancos mais interessantes de serem provados e disponíveis no nosso mercado. Embora muitas vezes doces e licorosos, os rieslings secos são encontrados nos produtores da Alemanha, Alsácia, Nova Zelândia e América (Washington é conhecido por seu excelente Riesling), sendo caracterizado por uma acidez nítida e notas de pêssego, pêra e damasco. Perfeito para combinar com comida tailandesa ou cozinha picante, o Riesling é um dos vinhos mais adequados para se beber durante os meses de clima quente. Também é importante observar que você recebe o que paga por uma garrafa de Riesling, então considere gastar um pouco mais se estiver procurando uma garrafa extremamente seca e ótima para te refrescar no calorão que anda fazendo.


♦ PINOT GRIGIO - Pinot Grigio é uma uva para produção de vinho branco muito popular e, embora mereça um lugar na mesa o ano todo, parece praticamente nascida para ser servida durante os meses de calor. Pode mostrar aromas com notas de manga, abacaxi e goiaba, a acidez bem ativa do Pinot Grigio o torna um excelente vinho para uma harmonização com pratos leves, como saladas, peixes e carnes brancas em geral. Os rótulos também podem acompanhar muito bem algumas massas, aves, vitelas e queijos variados e há poucos vinhos que vencem essa uva em particular quando se trata de combinar com frutos do mar.


♦ MOSCATO - Nem todo mundo gosta de um vinho branco seco e para aqueles que procuram algo mais doce no aroma e no paladar, Moscato se encaixa na medida certa. Embora o vinho de Moscato mais barato e de menor qualidade tenda a ser doce, há muitos moscatos bem vinificados que são suculentos, com notas de pêra e madressilva. Perfeito como um vinho de sobremesa ou simplesmente acompanhando uma salada ácida, o Moscato pode ser surpreendentemente delicioso.

♦ SAUVIGNON BLANC - Conhecido como talvez o melhor vinho possível para combinar com carne de frango e a maioria dos frutos do mar, Sauvignon Blanc é exatamente o que a maioria das pessoas procura ao tentar escolher um branco perfeito para um almoço ou jantar numa noite de muito calor. Ácido, mas macio o suficiente para carregar notas cremosas de limão siciliano, ervas e manga, um Sauvignon Blanc pode se tornar a estrela numa noite quente. Dado o quão popular é essa uva, não deve ser muito difícil encontrar um bom rótulo do Chile, África do Sul, Loire na França, Nova Zelândia, e brasileiro, já que a uva produz bons vinhos na região Sul, e entre os vinhos de Colheita de Inverno, onde há belos exemplos produzidos em Minas, São Paulo, Goiás, Rio de Janeiro, e Chapada Diamantina na Bahia.


♦ CHARDONNAY - Existem poucas uvas que incorporam o aroma e a cremosidade da manteiga como o Chardonnay. Embora não pareça um vinho que a maioria das pessoas gostaria de beber, a cremosidade de Chardonnay combina com qualquer alimento que tenha molho branco ou amanteigado de forma excelente. A brisa quente combinada com um prato de vieiras e alho-poró derretida com uma taça de chardonnay é uma delícia elegante e difícil de bater, sendo acessível e que todo e qualquer amante de vinho pode desfrutar.


♦ VINHO ROSÉ - O rosé é um estilo versátil, pois atende a várias circunstâncias e harmonizações com comidas. Embora existam várias maneiras diferentes de produzir rosé, o resultado final tende a ser semelhante, não importa o quê - acidez nítida, uma cor rosa blush e um corpo excepcionalmente leve. Assim como o Frappato, o Rosé é um vinho perfeito para combinar com frutos do mar, embora possa até ser servido ao lado de certas carnes vermelhas. No que diz respeito aos vinhos de clima quente, é difícil vencer as qualidades refrescantes de um rosé bem-feito e geladinho. Produzidos por todo lado no mundo do vinho, não se esqueça de provar um rosé de Provence.


♦ PINOT NOIR – Se você está procurando um vinho tinto que não o coloque para dormir sob o calor, Pinot Noir é a uma das uvas indicadas. Há Pinots de várias origens pelo mundo do vinho, tais como Borgonha, Chile, Argentina, Nova Zelândia, e nos Estados Unidos no Oregon e Califórnia, o Pinot Noir apresenta a complexidade de grandes vinhos, como Cabernet Sauvignon, mas com uma fração do seu corpo. Sua sensação leve e agradável na boca o torna ideal como um começo descontraído de qualquer refeição, e este vinho em particular atrairá fortemente os amantes de tintos que estão tentando manter as coisas mais para o lado do frescor.


♦ FRAPPATO - Talvez o vinho mais leve da lista que ainda pode ser considerado tinto, em oposição a um rosé, Frappato é uma uva siciliana que exibe o aroma das flores silvestres e até assume esses sabores. Com o toque de mineralidade do solo vulcânico em que a uva é cultivada, Frappato é tão refrescante quanto um vinho tinto pode ser. Ideal para servir com ostras, este vinho também pode ficar por conta própria como uma sugestão para quem busca um tinto leve para beber perto de uma piscina ou na praia.


♦ BARBERA - Às vezes, um dos melhores vinhos para uma noite quente, é um tinto da Itália, e Barbera é um vinho bem indicado. Com toque amadeirado, tânico e que lembra de várias maneiras o suco de tomate fresco, o Barbera é o vinho que muitos produtores de Barolo e Nebbiolo, em todo o Piemonte bebem, em vez de exportar. Simplesmente não há vinho melhor para beber ao lado de uma fatia ou duas de pizza e, felizmente, o Barbera tende a ser relativamente acessível em comparação com outros vinhos semelhantes.


♦ BEAUJOLAIS - Do centro da França, Beaujolais é um vinho de verão popular que recebe sua intensa mineralidade da encosta de granito em que a uva é cultivada. Frutado, suculento e muito fácil de beber, Beaujolais pode ser combinado com praticamente qualquer proteína, incluindo vários tipos de frutos do mar. Não se preocupe em gastar o dinheiro extra com os Crus Beaujolais mais caros, pois eles serão mais tânicos do que o que você está procurando em um dia quente de verão.


O calor não vai durar muito, porque em breve começa a temporada de chuvas. Então escolha um desses deliciosos vinhos para se refrescar, saia e aproveite o sol! Saúde!!!


Aproveite para comentar se gostou ou não!!! (Este artigo está baseado em material disponível na internet, e minhas considerações durante a prova dos vinhos e pesquisas).

Comments


bottom of page